Liga da Justiça Sombria: Guerra de Apokolips | Confira a nossa opinião sobre o filme

1 semana atrás
55

Primeiramente esta postagem pode conter spoilers do filme Liga da Justiça Sombria: Guerra de Apokolips, então leia por sua conta e risco.

O primeiro ponto a levar em consideração diferente de outros filmes da DC, a Warner investiu muito em sangue, digo isso, pois não é um filme para você assistir com uma criança. Este sim é um filme mais adulto, algumas cenas até me fizeram lembrar a animação da Arlequina para maiores, principalmente a do Tubarão-Rei comendo cabeças e membros…

Pontos fortes do filme, a trilho sonora está incrível! O roteiro e a animação, inclusive a animação está impecável (A Warner Bros faz uma trabalho incrível não?), não localizei nenhum defeito como falha de coloração ou texturas ruins de fundo.

Entrando mais profundamente nos detalhes do filme é importante lembrar que não há necessidade de apresentar cada heróis e fazer um histórico deles uma vez que a Warner Bros já possui diversas animações do Universo DC.

Destaco aqui a importância de ter assistido as seguintes animações anteriores: Liga da Justiça: Ponto de Ignição (2013), Liga da Justiça: Guerra (2014) e Liga da Justiça Sombria (2017).

A animação tem foco principal no personagem John Constantine, na verdade a animação já começa com John e Zatanna. A trama começa com a Liga da Justiça decidindo acabar de uma vez por todas com o vilão Darkseid, o único problema: é que o vilão escutou todos os planos dos heróis.

Ao chegar em Apokolips a Liga da Justiça foi praticamente dizimada pelos Paradooms (soldados de Darkseid modificados com DNA de Parademônios e Apocalipse), sobrando poucos heróis. John foge ao ver Zatanna ser morta.

Dois anos após o incidente Superman, que foi torturado com criptonita por Darkseid fazendo o herói perder os seus poderes, junto com Ravena encontra John com o objetivo de convencê-lo a ajudá-lo no combate contra Darkseid.

No final eles formam uma parceria com outros heróis/vilões incluindo até o Esquadrão Suicida liderados por Alequina. E todos tiveram um papel significativo na trama para que o objetivo final funcionasse.

Maiores detalhes sobre as batalhas finais e o rumo que a história segue vou deixar de fora desta análise, para evitar um spoiler gigantesco.

Ao final da animação é mostrado todos os heróis reunidos e pensativos sobre as perdas irreparáveis que sofreram.

Posso concluir que a animação Liga da Justiça Sombria: Guerra de Apokolips é uma das melhores animações do Universo DC, compensa assistir e aconselho ainda mais que assista a versão legendada. Infelizmente a dublagem brasileira teve toda a sua equipe trocada por uma empresa de Miami.

Aproveite e confira o trailer em inglês da animação:

Sinopse:

“Após todos os acontecimentos de O Reinado dos Superman, a Liga da Justiça tem como objetivo acabar de vez com a ameaça de Darkside, uma vez que agora eles vão até Apokolips para enfrentá-lo de vez.”.

O elenco de dublagem americano conta com Matt Ryan (John Constantine), Jerry O’Connell (Superman), Jason O’Mara (Batman), Tony Todd (Darkseid), Taissa Farmiga (Ravena), Rosario Dawson (Mulher-Maravilha), Rebecca Romijn (Lois Lane), Rainn Wilson (Lex Luthor), Sean Astin (Shazam), Stuart Allan (Damian Wayne), Camilla Luddington (Zatanna), Jon Bernthal (Trigon) e Hynden Walch (Arlequina).

Liga da Justiça Sombria: Guerra de Apokolips foi lançado digitalmente em 5 de maio nos EUA.

Leia mais sobre: Liga da Justiça, DC