O Senhor dos Anéis | Christopher Tolkien abdicou o controle dos direitos

Nesta semana, a notícia em que a Amazon produziria uma série de O Senhor dos Anéis chegou como uma surpresa para muitos. Principalmente pelo fato de que Christopher Tolkien, filho de J.R.R. Tolkien, sempre foi contra adaptações das obras do pai, controlando com pulso firme a venda de direitos dos livros.

Porém, desde agosto Christopher abdicou do cargo de diretor do Tolkien Estate, entidade que administra o espólio do autor. A saída dele permitiu que o novo projeto fosse oficializado. Até o momento não se sabe quem está substituindo o filho do escritor na direção.

Desde a época dos filmes de Peter Jackson, Christopher se posiciona contra qualquer tipo de versão das obras do pai (além de que o próprio Tolkien não gostava de ver seus livros em outros meios). Os longas só foram produzidos porque os direitos de adaptação de O Senhor dos Anéis e O Hobbit foram vendidos para a Warner durante a década de 60.

A saída de Christopher do comando do Tolkien Estate abre esperança para uma série de produtos ambientados na Terra-Média, como parques temáticos, jogos, filmes, HQs e muito mais.