Sua dose diária de Notícia Nerd

Mês LGBT | 10 vilões LGBT+ no universo da DC!

Amamos os heróis? Com certeza! Mas de vez em quando (no meu caso, praticamente sempre) acabamos torcendo mais para os vilões. Afinal de contas, os motivos deles para fazer o mal que fazem, geralmente, não são tão ruins. E quando o vilão é LGBT? Aí mesmo que morremos de amores! Aqui estão alguns vilões LGBT de um dos nossos universos favoritos!

10. Catman

O Homem-Gato já foi um dos inimigos do Batman, apesar de, hoje em dia, ser considerado neutro na questão de “lado do bem e lado do mal”. Desde o grande reboot feito pela DC Comics em 2013, Thomas Blake é retratado como um amante de homens e mulheres, o que nos dá um novo ex-vilão bissexual para a lista!

9. Bárbara Kean

Na série Gotham, Bárbara Kean é a ex-noiva de Jim Gordon que se torna uma grande psicopata, quase virando uma Arlequina. Ex-prisioneira do Asilo de Arkham que já trabalhou com o Coringa no grupo Maniax onde conhece Tabitha Galavan (que, aparentemente, não tem nenhuma conexão com as Tigresas dos quadrinhos), com quem tem um breve relacionamento. Antes disso, ela se envolveu com a policial Renee Montoya, antes mesmo de conhecer Jim.

Quem não gosta de uma psicopata psicótica bissexual, não é mesmo?

8. Oswald Cobblepott

Essa versão do famoso inimigo do Batman, o Pinguim, foi feita especialmente para a série Gotham, que teve seu fim este ano. Em um certo momento, Cobblepott se vê apaixonado pelo seu parceiro do crime, Edward Nigma, o charada.

Os esforços de Pinguim para conquistar Nigma não dão muito certo, o que acaba em um assassinato e um congelamento.

7. Alkyone

Alkyone já foi uma Amazona. Líder da Guarda real e uma das guerreiras mais leais de Themiscera. Bem, isso até ela conspirar para matar Diana quando ela era apenas um bebê.

Ela era amante de Phinea, outra Amazona. Isso antes de Alkyone se sacrificar para invocar Cottus, filho do último dos Hecatônquiros, da mitologia grega, na intenção de destruir a Mulher Maravilha. Nem todo mundo tem um final feliz, ainda mais quando se é vilão.

6. Porcelana

Não se sabe muito de sua história. Porcelana é um vilão meta-humano e de gênero fluido que se envolveu no crime em uma idade jovem e que tem o poder de tornar qualquer matéria sólido em algo frágil, apesar de seus poderes terem mais efeito em materiais mais duros, enquanto em materiais como borracha, o efeito é menor. Porcelana já se envolveu com Thomas Blake da Terra Primária e Jeannette, também da Terra primária.

5. Scandal Savage

Filha do vilão imortal Vandal Savage com uma brasileira, Scandal cresceu no Brasil e foi criada por sua mãe. Ela é una mercenária com afiliações com o Sexteto Secreto, um grupo de anti-herois e vilões.

Já se provou ser uma habilidosa lutadora, que consegue lutar contra pessoas como Talia Al-Guhl e Hawkgirl. Foi casada com Knockout, vilã recrutada para o Esquadrão Suicida, isso até a sua morte.

4. Jericho

Inicialmente um Super-herói e membro dos Jovens Titãs, Jericho, ou Joe Wilson, é o filho mais novo de Slade Wilson, o Deathstroke. Ele viveu uma infância feliz, até um incidente envolvendo seu pai o deixar surdo, causando o divórcio entre seus pais.

Enquanto estava com os Titãs, ele foi possuído pelas Almas de Azarath, que causou vários momentos de insanidade, o transformando em vilão. Eventualmente, ele foi morto pelo próprio pai, que já não aguentava ver o sofrimento de seu filho.

Nos quadrinhos da DC Rebirth, Joe foi confirmado ser bissexual.

3. Hera venenosa

Acho que todos nós conhecemos essa vilã, não é mesmo? Ela tem o poder de manipular plantas e tem imunidade a praticamente todos os tipos de veneno. Ela já integrou o Esquadrão Suicida, a Liga da Anarquia, a Sociedade Secreta dos Super Vilões, a Gangue da Injustiça e até as Aves de Rapina. Porém, as Sirenes de Gotham foi o grupo em que ela mais fez sucesso, sendo composto por ela, a Mulher Gato e Arlequina.

A sua amizade com Arlequina foi crescendo durante os anos e em 2015 foi confirmado que as duas estavam namorando, sem ser um relacionamento claramente abusivo como Arlequina tinha com o Coringa.

2. Bianca Steeplechase

Uma versão alternativa e feminina do Coringa que conseguiu incriminar Bruce Wayne pela morte de Selina Kyle e matou Robin com um beijo fatal (língua com veneno). A Coringa entra em um relacionamento com Harley Quinn enquanto Bianca é casada com o prefeito da cidade.

Não importa a versão, Coringa sempre será um dos vilões mais interessantes e cruéis de Batman.

1. Harley Quinn.

Nossa querida Arlequina também é bissexual. Após ser a psiquiatra de Coringa, se apaixonar por ele, virar sua parceira e sofrer sérios abusos, Hera Venenosa finalmente conseguiu livrar sua amiga do palhaço e logo em seguida, as duas entraram em um relacionamento que pode ser considerado um dos mais fofos dos quadrinhos hoje em dia!

Bem, o mês do Orgulho LGBT acabou, mas a nossa resistência continua! Esperamos ter feito um bom trabalho homenageando todos os LGBTs por aí e todos tenham se divertido descobrindo coisas novas relacionadas ao mundo LGBT e como ele se liga a esse nosso mundo Nerd! Esperamos poder trazer ainda mais conteúdo desse tipo no futuro.

Lembre-se, não precisa ser Junho para comemorar quem você é!