Time Paradox Ghostwriter | Do sucesso ao cancelamento!

4 meses atrás
139

No dia 31 de agosto de 2020, saiu a 39.ª edição da Weekly Shonen Jump da Shueisha deste ano. E com ela, foi publicado o capítulo final de Time Paradox Ghostwriter, do escritor Kenji Ichima e do artista Tsunehiro Date. O manga foi lançado na 24.ª edição da revista em 11 de maio. A Shueisha publicou o 1.º volume no dia 4 de agosto e vendeu incrivelmente bem, mas foi caindo, caindo e cancelado. Ela publicará o 2.º e último volume em outubro. A obra tem um roteiro impecável e uma arte ridícula de linda como vocês podem admirar. Contudo, era genérica demais e por mais que tudo parecesse bonito, não agradou leitores. Acompanhava tudo em inglês mesmo, pois esperei que a obra chamasse atenção das scans daqui, mas nem deu tempo para tal. O que seria uma mistura de Bakuman e Steins Gate, virou o cancelamento mais rápido da Shonen Jump na era moderna. A dupla criativa retornará num outro momento com certo mangá já previamente combinado, pois eles são muito bons, só deram azar.

Sinopse: Numa fria e tempestuosa noite, decidi desistir do meu sonho. Mas um relâmpago cai! E agora, tenho uma edição da Shonen Jump do futuro! Teppei Sasaki é um apaixonado mangaká novato que sonha em ter uma série na Weekly Shonen Jump. Um dia, ele recebe uma cópia da Jump de 10 anos no futuro. Será tudo coincidência, ou será destino? Seja qual for o caso, o destino está prestes a mudar. O tempo dobra! Destinos intersectam-se! Para um amanhã que jamais era suposto acontecer! O futuro da Jump está aqui!

%d blogueiros gostam disto: