Nobuhiro Watsuki | Autor de Samurai X é multado em 200.000 ienes por possuir pornografia infantil

Nesta terça-feira (27) o Ministério Público de Tóquio registrou uma acusação formal contra o criador de Samurai X (Rurouni Kenshin), Nobuhiro Watsuki, de 47 anos, por possuir vídeos contendo pornografia infantil (via Anime News Network). Com isso, o autor foi multado em 200.000 ienes (aproximadamente US$ 1.900 ou R$ R$ 6 mil).

Uma série de DVDs contendo crianças e adolescentes com menos de 15 anos foi encontrada na casa de Watsuki no mês de outubro pela polícia, que investigava um caso relacionado.

No Japão, possuir pornografia infantil pode levar a um ano de prisão e uma multa de até 1 milhão de ienes (aproximadamente US$ 9.400 ou R$ 29 mil).

A editora Shuheisha, responsável pela revista Weekly Shonen Jump, ainda não se pronunciou sobre o assunto, mas é provável que o mangá que continua Samurai X, Rurouni Kenshin: Hokkaido-hen, continue em hiato.

Hokkaido-hen começou a ser publicado em setembro, trazendo Kenshin Himura de volta como protagonista. A saga estava prevista para ser dividida em cinco arcos menores, continuando o prólogo de dois capítulos lançados no fim de 2016, Ashitaro Zenka Ari.