Sua dose diária de Notícia Nerd

Hereafter: Eternidade | Resenha crítica do livro

“Porque desta vez, não era eu quem estava se afogando. Era ele” 

 

Bem vindo ao mundo fantasmagórico de Amélia, uma jovem que a única certeza é que está morta e perdida no mundo.  O primeiro livro da trilogia, Hereafter: Eternidade, da autora Tara Hudson nos traz uma obra fantasmagórica com um toque de romance adolescente.

A história iniciasse com o pesadelo recorrente de Amélia, o modo que ela morreu afogada no rio, mas desta vez não era ela que estava se afogando e sim um rapaz após sofrer um acidente de carro. No qual, após se desesperar ao ver que o mesmo teria o final que ela teve, resolve salvá-lo de algum modo. Ao conseguir salvar o rapaz que se chama Joshua Mayhew, que após ter contato com o pós-morte e com Amélia começa a enxergá-la.

Hudson consegue trazer em sua escrita e ideias personagens interessantes e não muito bem elaborados, no caso do “vilão” Eli que tinha uma boa chance de ser um personagem marcante que foi deixado de lado; além das descrições de sentimentos, paisagens e do pós-vida (ao seu ver) são realmente muito boas, engajando o leitor a continuar sua leitura e com isso devorando cada palavra impressa.

Em certos momentos do livro, no início, pode ficar maçante com a morbidez da personagem principal. Pois Amélia faz questão de relembrar diversas vezes a tristeza de ser uma garota morta e perdida, sempre caindo em pesadelos e voltando ao seu local de morte — a Ponte Alta. Tal morbidez é amenizada com a presença e sentimentos revolucionários que Joshua causa nela.

Não é uma obra de fantasmas que faz sentir arrepios ou que lhe cause um desconforto, Tara Hudson conseguiu trazer em seu livro uma boa mescla de romance com tons sobrenaturais. Além de nos fazer torcer por um romance entre um fantasma e um garoto colegial vivo.

Fantasmas em livros não são muito recorrentes em livros e nem explorados, Hereafter: Eternidade é um dos exemplos, não arrisca em explorar mais este lado do “véu do pós morte”. Sendo mais um romance adolescente que sobrenatural em si.

A obra em sua totalidade, não tem um final explicativo e deixando ganchos abertos para um segundo livro, que é bom para não perder o rumo do enredo e o interesse do leitor em querer descobrir as verdades escondidas.

Em si o livro tem uma leitura rápida, sem enrolação na qual faz o leitor digerir as 350 páginas em poucos instantes. Hereafter: Eternidade é um livro de fácil recomendação, porém não deve ser esperado uma revolução na literatura romântica estadunidense.

 

Sinopse Oficial:

“Pairando sozinha e perdida, Amélia vive o eterno pesadelo de acordar nas águas escuras de um rio misterioso. Suas únicas certezas: ela está morta e não tem nenhuma lembrança do tempo em que era viva. Ao tentar salvar Joshua, um garoto que se afogava no mesmo rio de águas escuras que a vinha mantendo prisioneira há tanto tempo, Amélia passa ter sensações diferentes e a descobrir os segredos que rondavam sua morte. A conexão entre Amélia e Joshua ultrapassa as barreiras da vida e da morte. E eles precisam proteger essa felicidade a qualquer custo”. 

 Hereafter: Eternidade é um livro escrito por Tara Hudson, publicado pela Editora iD, possui 350 páginas e sendo possível encontrá-lo à venda em diversas livrarias no Brasil.